Simbologia da abelha

Manuel G | 28 Mai 2021

abelha

Em geral, e desde tempos imemoriais, está relacionada ao trabalho bem feito, com a ordem e a primazia da organização. É um dos animais com a riqueza mais simbólica e, em muitos lugares, está associado à limpeza.

Para o povo grego, era o símbolo da obediência e laboriosidade. Relacionava-se com frequência ao aspeto não-somático das criaturas e, nesse sentido, o platonismo, na sua defesa da teoria da reencarnação, mantinha a tese da supremacia da abelha sobre os outros animais, na época da transmigração da alma.

Também para a cultura egípcia, a abelha estava relacionada com a alma ou espírito e, nos seus hieróglifos, aparecia como representante do poder da monarquia.

Para a maioria dos simbolistas, a abelha tem um significado ambivalente e duplo; Por um lado, relacionam-se com a vida, uma vez que parece cheia de atividade na primavera. Por outro lado, e devido à dormência do inverno, é um paradigma claro, sempre de acordo com os simbolistas, da morte.

Para o cristianismo, o simbolismo da abelha, entre outros significados, remete-nos à explicação do mistério da morte e ressurreição; embora, em particular, seja um símbolo da força subjacente quando há confiança e esperança. Está associada à justiça divina, por causa da sua picada, e também, uma vez que produz mel, com a misericórdia que emana da divindade.

Na Idade Média, as abelhas eram símbolos representativos da pureza e estavam relacionadas à virgindade.

Para os hindus, a abelha simbolizava a abundância e força.

Os muçulmanos relacionaram a abelha ao lirismo, à grandeza do conhecimento e ao poder da súplica.

Numerosas lendas, que ainda permanecem vivas no espírito de certas culturas, falam da abelha como sinónimo de salvação e eternidade. Neste sentido, os povos celtas, como alguns países nórdicos, consideram a abelha como um inseto carregado de significantes conotações.

Interessado em mais simbologias?

70 animais, aves e insetos e as suas simbologias

Mais populares

Hits