Simbologia do cão

Manuel G | 13 Julho 2020

cao1

É importante estar ciente de que há pessoas que ficam muito nervosas quando os cães ladram, e isso é completamente normal, mas devemos prestar atenção para entender a linguagem dos cães. A linguagem canina é complexa e muito enérgica, mas é uma maneira de comunicar o seu bem-estar (ou desconforto), a sua maneira de ver o mundo e o status em que se encontram dentro de uma comunidade.

Uma lista de alguns significados eles se relacionam com os cães são: fidelidade, lealdade, companheirismo, inteligência, obediência, proteção, comunidade, cooperação, comunicação e perceção sensorial.

O assunto da comunicação é uma questão central, como vimos anteriormente em relação a este animal. Este animal tem sido frequentemente considerado como uma conexão entre a dimensão física e não física. Os antigos egípcios, gregos, romanos e celtas consideravam o cão como um guardião de outros mundos e, portanto, também relacionado com a morte, como um guia espiritual encarregado de viajar nesta dimensão (a espiritual).

Se considerarmos Anúbis, o deus egípcio responsável por acompanhar e garantir a sobrevivência da alma na transição da realidade (o mundo físico) para o mundo espiritual, podemos ver que ela tem uma cabeça de cão, motivo pelo qual foi atribuído um grande poder sensorial. e percetivo aos cães. Além disso, os cães representam proteção, orientação, lealdade e ligação às energias espirituais que não conseguimos perceber. Então, com o que dissemos até agora, podemos ver claramente que o cão está relacionado à segurança, proteção e é considerado um guardião.

Para os celtas, os cães representavam heroísmo. Alguns dos atributos que lhes foram relacionados são coragem, persistência e virilidade. Em grande parte isto deve-se ao facto de os celtas usarem estas criaturas em atividades de caça, sendo treinados para estarem preparados para a batalha. Então, podemos ver aqui valores semelhantes aos mencionados acima e que têm a ver com defesa e proteção. Também foi relacionado com cães com o simbolismo associado ao deus celta Nodens, deus das águas, caça e orientação. Também o relacionaram com outro deus celta, Sucellus, que era um deus de proteção e provisão (uma perspetiva relacionada com a agricultura).

As tribos indígenas dos índios americanos, dependiam fortemente desta espécie, considerando-a como um guia e apoio nas atividades do dia-a-dia. Antes dos cavalos, eram os cães treinados para ajudar as tribos nas atividades de caça. De facto, quando começaram a "usar" os cavalos, introduzidos pelos americanos graças aos espanhóis, eram chamados de "cães do céu", já que eram tão úteis quanto os seus aliados caninos. Alguns dos valores que lhes eram associados naquela época eram os de apoio, fidelidade, comunidade, proteção, amizade e comunicação.

Quanto aos símbolos chineses, os cães eram considerados como uma representação da amizade. Isto deve-se em parte, a uma de suas lendas que tinha um cão chamado Fu que estava encarregue de guardar os espaços sagrados, sendo o seu principal protetor. Os asiáticos, em geral, consideravam o cão como astuto, símbolo de boa sorte, lealdade, obediência e prosperidade. Outros valores a destacar seriam os de transição e inteligência.  

Interessado em mais simbologias?

70 animais, aves e insetos e as suas simbologias

Compartilhar:

whatsappwhatsappwhatsappwhatsapp

Mais populares