Simbologia dos pinguins

pinguim

Existem certos aspetos sobre pinguins que têm um significado profundo. De seguida, vamos explicar alguns deles.

Os pinguins são na verdade um pássaro. Têm penas como qualquer outro pássaro, o que os diferencia de outras aves é que os pinguins não podem voar. Muitas pessoas sabem disto, mas é um fato crucial que influenciará a simbologia que explicaremos mais adiante. Isto implica dois pontos centrais dentro da simbologia: evolução e o fato de ser não convencional.

Quanto à evolução, segundo os paleontólogos, os pinguins poderiam ter sido uma espécie capaz de voar. Mas depois de muitos anos de evolução, as asas dos pinguins transformaram-se em asas finas e se adaptaram aos ambientes aquáticos.   Neste sentido, os pinguins lembram-nos que podemos evoluir e que não precisamos de esperar milhões de anos para o fazer. A capacidade de adaptação por parte deste animal lembra-nos que podemos fazer o mesmo; de alguma forma, encoraja-nos a fazer o que podemos na vida, a sobreviver e a encontrar alegria no nosso mundo.

Quanto ao fato do não-convencionalismo, o pinguim é um pássaro, como dissemos antes, que não consegue voar. Se isto não é paradoxal, não sabemos o que pode ser. Isto é algo simbólico em si mesmo, é uma metáfora que nos diz que não temos, necessariamente, que agir de acordo com o que é esperado de nós, isto é, não é por asas que tem de voar, neste caso. Por exemplo, pode-se aspirar a ser músico, mesmo que toda a sua família seja de advogados. Isto lembra-nos que nem sempre temos que fazer o que nos é dito, não podemos permitir que a nossa família ou sociedade guie os nossos passos e pressione as nossas decisões, podemos escolher maneiras não convencionais se é o que nos convém e se for o que nós gostamos O pinguim lembra-nos que não precisamos fazer o que nos é dito e não precisamos de ter um comportamento de submissão.

Outro elemento surpreendente é o fato de que os pinguins se adaptaram de maneira incrível ao meio ambiente e dizemos isto porque os pinguins podem beber água salgada e são capazes disso porque têm uma glândula especializada que filtra o sal. Esta é uma metáfora que nos encoraja a fazer o mesmo. A energia destes animais lembra-nos que podemos filtrar as impurezas das nossas vidas, saber como lidar com situações negativas que podemos passar pelas nossas vidas, suportar situações adversas e tentar manter apenas os aspetos positivos de cada situação, por pior que seja.  

Os pinguins são espécies muito sociais e comunicativas. Cada pinguim tem uma forma diferente de identificar os seus parceiros para o bebé. Por outras palavras, comunicam bem porque são muito sociais e preferem estar em grupos. Isso deve-se em parte à ligação social, à própria sobrevivência e em parte ao calor que é partilhado entre eles, já que por vezes ficam em grupos para se aquecerem.   Na verdade, eles rodam, pois estão dispostos num círculo e um é colocado no meio e dão sempre oportunidade para que todos gostem de estar na posição privilegiada. Isso pode ser transferido para o nosso mundo e ver a importância do trabalho em equipa, da ligação social, unidade e trabalho para o bem-estar de todos, em vez das necessidades de alguns.  

Uma lista de alguns elementos relacionados ao pinguim são: sonhos, renovação, intuição, evolução, proteção, comunidade, adaptabilidade, justiça, não-convencionalismo e autossuficiência.

pinguins2

Os sonhos e intuição estão incluídos aqui, em partem devido ao habitat do pinguim. Vivem entre 50 e 75% do tempo na água e o resto do tempo passam na terra. A água é um símbolo de sonhos, emoção e intuição. A sério, podemos ver que o pinguim tem uma visão melhor debaixo de água do que na terra, isto está relacionado a ter uma visão intuitiva. Outro aspeto que não é convencional, é a forma deste animal. Os pinguins encorajam-nos a apreciar o desconhecido, a perceção sensorial extra para melhorar as nossas vidas. O pinguim pode ser um bom guia para obter conhecimento.

Alguns dos pinguins, não todos, escolhem um parceiro e permanecem com eles o resto das suas vidas. Esta é uma metáfora para a fidelidade e companheirismo. Pode ser traduzido como monogamia ou simplesmente entendido como um ser nobre capaz de ser fiel a um parceiro o resto da sua vida. Por esta razão, com os pinguins, podemos estar conscientes da importância de relacionamentos duradouros que podem ser alcançados.

Falando de parceiros ou casais, outro aspeto que deve ser destacado sobre os pinguins é o caso da parentalidade. Quando o bebé nasce, o pinguim sai do que consideramos convencional, mais uma vez. Como assim? Bem, os machos são aqueles que se sentam no ovo para o aquecer, enquanto a fêmea é responsável pela pesca. Além disso, o macho não se moverá da sua posição, não importa o que aconteça. Em alguns casos, como o pinguim-imperador, este processo dura cerca de dois meses. Até que os ovos choquem e o pinguim nasça, o macho não se move do sítio, pelo que podemos ver aqui o intercâmbio de papéis. Tudo isto reforça o tema do não convencional no simbolismo deste animal. Também acrescenta outros significados àqueles vistos até agora, como proteção e persistência, cuidado e papéis de género. Graças a este animal, podemos ver que a ideia de "deveria ser" não é tão importante quanto a consideramos, e isso faz-nos ver que devemos continuar o nosso caminho satisfazendo as nossas necessidades e as do nosso grupo.  

Outro fato importante sobre pinguins é a sua cor. Têm uma cor preta e branca , tipo de camuflagem para o ambiente em que estão. Na verdade, isso é algo muito engenhoso, os predadores de cima não conseguem diferenciá-los nas águas escuras, já que a sua cor negra é confundida com as águas escuras e de baixo, também não são reconhecidos, já que a cor branca da frente se confunde com a superfície. Na realidade, é como se os pinguins tivessem um manto de invisibilidade que os ajuda adaptarem-se e protegerem-se. Traduzido para o nosso mundo, o que podemos aprender com isto é que devemos proteger-nos e aos nossos.

Também dissemos anteriormente que os pinguins são um símbolo de renovação e o porquê de a maioria das aves estar relacionada a isso. Em certas épocas do ano, o pinguim perde as suas asas para voltem a nascer outras mais resistentes. Simbolicamente isto pode lembrar-nos a fénix, intimamente relacionada à renovação. Isto ajuda-nos a entender que devemos abandonar os nossos medos, as nossas falsas crenças... Devemos ser capazes de deixar crescer outras penas que têm a ver com liberdade, confiança, alegria e esperança. Desta forma, cresceremos de maneira pessoal e seremos mais fortes e estaremos mais protegidos do que nunca.  

Interessado em mais simbologias?

70 animais, aves e insetos e as suas simbologias

Mais populares

amizade cao minino

8 Animais que simbolizam amizade e lealdade

A amizade e a lealdade têm muitas formas de serem…
homem sabio

5 Animais que simbolizam sabedoria e experiência

A sabedoria e a experiência são valores que se…
paz

5 Animais que simbolizam paz e esperança

Aos animais são-lhes atribuídos todo o tipo de…
Constancia

7 animais que simbolizam constância e perseverança

A perseverança e a constância são virtudes muito…
protecao

6 animais que simbolizam proteção

A proteção é um sentimento natural entre os…
mulher com fe

6 animais que simbolizam a fé

A fé pode ser definida como a crença de que algo…
liberdade

6 animais que simbolizam a liberdade

Quando pensamos em animais que simbolizam a…
paciencia

5 animais que simbolizam paciência

A paciência é uma virtude, mas tem muitas…